Notícias

Ana Neri Educação Profissional celebra 26 anos

Pioneira no estado, a instituição eleva o nível da educação técnica do Maranhão com inovações como a Simulação Realística e implantação de projetos de assistência às comunidades. 

Em 20 de abril de 2024, a escola técnica Ana Neri Educação Profissional celebrou 26 anos de existência.  Desde 1998, o Ana Neri educa e transforma vidas nas cidades de São Luís, Bacabal e em todo o estado do Maranhão. A grande missão da escola é a transformação da vida das pessoas através de uma educação inovadora, formando cidadãos conscientes e profissionais confiáveis. “Fazemos parte da trajetória de mudança de realidades. Formamos profissionais que são força de trabalho e renda para as suas casas, comunidade e para o nosso estado. A força dessa realização é gigante, pois ela de fato, expande oportunidades e muda o mundo”, declara a Diretora de Ensino Luana Carvalho.

Fundada em 1998 do sonho de três enfermeiras, a escola já nasceu no pioneirismo: garantiu o estágio a todos os alunos e colocou o ensino técnico em um nível de profissionalização que o Maranhão ainda não havia visto. Os hospitais da época, então, “só aceitavam estudantes Ana Neri” pela forma como se apresentavam e executavam as tarefas.

Por isso, desde o nascimento, o Ana Neri foi diferente das demais escolas técnicas. Em 2024, a diferenciação se mantém. Ao passo que há um compromisso pela tradição em qualidade de ensino e educação teórico-prática, a inovação segue sendo um valor extremamente importante.  Ao longo desses 26 anos, o Ana Neri investiu pesadamente em tecnologia e inovações no ensino.

Em meio à pandemia de Covid 19, em 2020,  o Ana Neri trouxe um diferencial de ensino para os seus alunos – a Simulação Realística. Este método ativo de ensino vem sendo aplicado em grandes hospitais e universidades em todo o país, como o Hospital Albert Einstein e a Universidade Federal do Maranhão.  Em palavras simples, a Simulação Realística acontece assim:  um ambiente que simula o hospital ou laboratório, o aluno vai poder vivenciar todas as etapas de experiência prática que viveria no hospital. Enquanto um grupo de alunos realiza o atendimento “hospitalar”, outros assistem e tomam notas em uma sala separada do local de atendimento por um vidro espelhado.

Existem outros motivos que tornam o Ana Neri único e um líder de mercado. Atualmente, a instituição possui mais de 30 parceiros de estágio, entre eles o Hospital São Domingos, um vínculo firmado em abril deste ano. A escola oferece a maior carga horária prática do mercado, além de aulas presenciais de segunda a sexta para todos os cursos. Preocupados com o desenvolvimento de habilidades psicoemocionais, o Ana Neri criou o Núcleo de Atenção Psicopedagógica (NAAP), que oferece treinamentos e educação ao longo de todo o ano para estudantes, professores e colaboradores. Para colocação de alunos no mercado, o Ana Neri possui o programa de empregabilidade Ana Jobs, que trabalha com estágios extracurriculares e preparação para o mercado. Para viabilizar a entrada nas comunidades em um trabalho social e educativo,  a instituição está promovendo o projeto ANA +, uma iniciativa ESG transformadora que deve começar a ser executada ainda em 2024.

DIFERENCIAIS

26 anos de excelência em educação, com uso de metodologias ativas 

Mais de 30 parceiros de estágio 

Maior carga horária prática do mercado 

Aulas 100% presenciais, de segunda a sexta

Centro de Simulação Realística 

Laboratórios completos para todos os cursos 

Trabalho com educação psicoemocional dos estudantes (NAAP) 

Programa de empregabilidade ANA JOBS 

Projeto ANA +

HISTÓRIA

Anos 90. As enfermeiras Loutegards de Sousa Carvalho Pereira e suas colegas,  Andréa de Fátima Araújo e Maria Aparecida Coutinho, viviam a dura realidade da profissão: plantões exaustivos atendendo aos hospitais públicos e privados de São Luís. Elas precisavam da ajuda dos profissionais da área – os auxiliares de enfermagem, hoje, técnicos em enfermagem. Elas perceberam que muitas vezes, esses profissionais chegavam despreparados para a realidade hospitalar, sem os conhecimentos e treinamentos necessários. Assumiram, então, o papel de ensiná-los e formá-los como profissionais de referência no mercado de trabalho.

× Atendimento Virtual